Esclarecendo o problema Carbon Pro

Ontem, a Arena divulgou um problema envolvendo os trajes Carbon Pro. A empresa alegou que, tentando acompanhar a excessiva demanda, por algum motivo houve alteração na fabricação dos trajes, deixando-os mais impermeáveis nos modelos fabricados no último semestre.

A FINA, seguindo o procedimento de fiscalização de todos os trajes aprovados, percebeu essa alteração, que foge dos padrões permitidos pela entidade. Assim, os modelos Carbon Pro foram proibidos para uso em competições sancionadas pela FINA.

Os modelos proibidos são especificamente (então, antes de qualquer preocupação, verifique se seu traje apresenta algum desses códigos):

Código AR220993 – Macaquinho Aberto nas costas

Código AR220994 – Macaquinho Fechado nas costas

Código AR141364 – Bermuda

Bom, após definir que realmente seu traje encaixa-se em um dos três modelos banidos, vamos ao que interessa:

Tivemos uma reunião hoje com o gerente da Arena no Brasil. A Arena brasileira está no aguardo de um parecer da matriz, para definir qual será exatamente o procedimento a ser feito e, assim, podermos instruir os clientes que possuem o produto. O site da Arena  já adiantou um serviço de ajuda, onde o cliente pode preencher o nome e email e aguardar um retorno com os passos a serem seguidos.

Um coisa é certa, quem tem o Carbon Pro e possui qualquer comprovante de compra (seja extrato, nota, recibo), a Arena garante a troca, sendo que a única despesa do cliente será no envio do traje. Quem não possui um comprovante, a Arena oferecerá um voucher de 250 dólares para quem possui o macaquinho e de 150 dólares para quem possui a bermuda. Eles ainda garantem o prazo de 8 semanas, após a requisição de troca.

Sugiro a todos os clientes que já façam essa requisição pelo site da Arena, para adiantar qualquer procedimento.

A Arena inclusive já possui os novos modelos que substituirão os proibidos, já aprovados e dentro dos padrões da FINA, denominado Carbon Pro Mark 2:

Código AR221039 – Macaquinho Aberto nas costas

Código AR221038 – Macaquinho Fechado nas costas

Código AR141028 – Bermuda

2 thoughts on “Esclarecendo o problema Carbon Pro”

  1. Eu não tenho extrato, nota, recibo, isso significa então que o traje é pirata, roubado, ridiculo isso, tenho voltade de esfregar os 2 trajes na cara deles.

    1. Renato, caso tenha comprado com a Swim Brasil, ainda podemos gerar uma nota fiscal, basta me enviar o nome completo e número do da compra. Infelizmente, esse foi o critério escolhido por eles, talvez porque alguns atletas ganharam o traje em períodos promocionais. De qualquer forma, sugiro que entre em contato com quem comprou o traje, para ver se consegue gerar algum comprovante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>